ADMINISTRAÇÃO UNIFIPA FORMA PROFISSIONAIS COM VISÃO E ESPÍRITO EMPREENDEDOR

Mauro Assi terça-feira, 03 de novembro de 2020

Administração

           O curso de Administração da UNIFIPA foi autorizado a funcionar em julho de 1972. Nascia a Faculdade de Administração de Empresas de Catanduva (FAECA), a segunda Instituição de Ensino Superior instalada por Padre Albino, cuja mantenedora é a Fundação Padre Albino. O primeiro ano letivo iniciou-se em 1º de agosto de 1972, com 100 alunos matriculados, e a faculdade foi reconhecida pelo MEC em 1976. O curso já graduou, até 2019, 3.703 administradores.

            O coordenador Prof. Me. Antonio Agide Mota Junior informa que, com nota 4 no MEC, o curso de Administração da UNIFIPA é voltado à capacitação técnica, comportamental e humana, objetivando a formação de profissionais com visão e espírito empreendedor para administrar novas empresas ou organizações já consolidadas, cujos profissionais são muito procurados pelas empresas de Catanduva e região. “Egressos do curso ocupam posições de destaque em empresas locais, regionais e estaduais”, ressalta.

            Além da infraestrutura completa que a UNIFIPA oferece, o curso possui salas e laboratórios específicos para aprimorar o ensino, salas de aulas ergonômicas, climatizadas, equipadas com multimídia; biblioteca com acervo completo relativo às disciplinas ministradas, com livros em quantidade suficientes para elaboração de trabalhos e laboratórios de informática disponíveis para pesquisa, trabalhos e aulas práticas.

            O corpo docente é formado por professores mestres e doutores e a matriz curricular contempla aulas práticas, extensões e eventos; monitorias, TCC e acompanhamento psicopedagógico; incentivo à organização estudantil; preparação para concursos e entrevistas de trabalho e material didático disponibilizado no site, facilitando o estudo extraclasse.

            Mota lembra que os projetos de extensão do curso propiciam a participação efetiva dos alunos em cursos extras, feiras e campanhas informativas; oferece projeto de inclusão digital a deficientes visuais e o ABC da Informática, que proporciona iniciação a informática a pessoas da terceira idade e outros inseridos nas diversas atividades de extensão do curso. “A pesquisa também é oferecida aos alunos, através da construção, apresentação e execução de projetos de iniciação científica, ou seja, o curso dá oportunidades para o exercício do enfoque holístico da tríade ensino, pesquisa e extensão. As linhas de pesquisa envolvem questões como direitos fundamentais, recursos humanos, tecnologias de comunicação e informação e ferramentas de análise organizacional”, disse o coordenador.

            Outro fator importante destacado pelo Prof. Mota são os estágios integrados ao Trabalho de Conclusão de Curso/TCC e com oportunidades de realização em centenas de empresas locais e regionais conveniadas, o que permite a inclusão no mercado de trabalho com grandes chances de empregabilidade em empresas públicas ou privadas; hotéis, pousadas, parques; indústrias e usinas e marketing de marcas ou empresas.

            Ainda na graduação, a Empresa Júnior proporciona ao aluno vivenciar a gerência de empresa, colocando em prática a teoria transmitida em sala de aula ao oferecer serviços de apoio e consultoria às micro empresas locais, além de orientação e acompanhamento de aspectos voltados a orçamento familiar, no caso de pessoas físicas.

            Os egressos têm participação ativa em projetos do curso, que oferece pós-graduação lato sensu em Gestão Empresarial com ênfase em Controladoria e Gestão Financeira; Gestão Empresarial com ênfase em Gestão de Pessoas e Relações Trabalhistas.

            As inscrições para o vestibular estarão abertas de 23/11 a 02/12/2020. Veja as formas de ingresso no edital no site www.unifipa.com.br     

Foto: FAECA Junior orientando empresas em evento com parceria do Sincomércio.

Galeria


CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ALBINO - UNIFIPA